Viagem

Casal monta curso de violão online para poder trabalhar e viajar ao mesmo tempo

Luciane trabalhou por 13 anos no mundo corporativo. Tinha um bom emprego e um bom salário, e conseguiu alcançar um cargo de liderança na empresa. Porém, todos os dias, quando sentava no escritório e olhava pela janela, pensava: tanta coisa lá fora para se viver e eu aqui trancada, ano após ano.

Apesar de gostar do seu trabalho, sentia-se presa por não ter liberdade para fazer as coisas que queria, no tempo em que queria.

img_6036

O mesmo aconteceu com o marido, Fábio, que vem do setor público e compartilhava do mesmo sentimento. Decidiram então investir em um negócio que lhes permitiria a flexibilidade que tanto sonhavam: em 2012 lançaram um e-book para ajudar as pessoas a tocarem violão 100% online (Fábio é músico), mas não tiveram sucesso no negócio. Já em 2014, voltaram ao mercado com um curso de  violão para quem quer começar do zero, e mais de 50 unidades foram vendidas!

Luciane já tinha abandonado seu emprego, e fazia frilas na área de decoração, mas em 2015, abandonou os trabalhos para ajudar o marido no empreendimento online. Esse trabalho, desenvolvido 100% pela internet lhes deu a tão sonhada liberdade para fazer um mochilão de um ano pela América do Sul.

O casal, que montou um canal no youtube para dividir suas andanças pelo mundo, o Vamo que Vamo Viajar, já passou pelo Uruguai e neste momento está desbravando  Buenos Aires. Em janeiro, eles seguem para Santiago do Chile, onde viverão por um mês.

img_0355

img_0291

Luciane conta ainda que muitos amigos “acham a gente meio fora da casinha quando descobrem que largamos a segurança de nossos empregos para viver viajando e trabalhando ao mesmo tempo“. Ressalta que a experiência é desafiadora, pois a cada dia, aprendem algo novo. “Todo mês nos mudamos para uma nova casa e nação, com diferentes vizinhos, culturas e comidas.

O casal se mantém através dos alunos conquistados no curso Fórmula Violão, e conta que resolveram fazer um teste antes de cair no mundo por um ano: em abril de 2016 viajaram para os Estados Unidos por dois meses, e para sua surpresa,  trabalharam muito melhor de lá do que quando estavam em sua  casa no Brasil.

Foi quando decidimos voltar e ajustar algumas coisas para que pudéssemos ficar mais tempo viajando. E  em novembro de 2016 saímos para a nossa jornada, com o projeto inicial  de rodar a América do Sul por um ano, vivendo um mês em cada lugar (cidade ou país)“.

Fábio e Luciane descobrem, dia após dia, que morar fora do Brasil não é tão caro  como as pessoas pensam, e que a experiência cultural e de vida compensa o gasto. “Nós não nos consideramos turistas e nem moradores, mas um mistura dos dois“, conta Luciana. “Um dos objetivos do Vamo que Vamo é inclusive incentivar as pessoas a viajarem, pois muitas que conhecemos acham que viajar é só para rico, mas na nossa opinião é só uma questão de escolha“.

Inspirado com a ideia? Conheça mais sobre as andanças de Luciane e Fábio:

Todas as fotos © Vamo que vamo viajar




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!