Viagem

Nova tendência promete união entre viajantes e cidadãos locais através de refeições compartilhadas

Com o intuito de acolher bem os turistas, surge uma nova tendência no continente asiático. É a chamada PlateCulture, ou, em tradução livre, “Cultura de Prato”, movimento que busca unir cidadãos locais e turistas através da gastronomia.

Seguindo a linha da “conquista pelo estômago”, que praticamente não tem como dar errado, as palavras de ordem são: viaje, coma e compartilhe. Você chega na Ásia – em países como Tailândia, Malásia, Vietnã ou Singapura – e busca no site do PlateCulture por um dos 80 chefs de cozinha caseiros (verificados pelo site) que oferecem refeições compartilhadas em suas casas, reunindo turistas de diversos lugares do mundo e trazendo uma experiência única e enriquecedora para os participantes.

No site, é possível checar o menu, o cozinheiro por trás dele e ler as críticas feitas por quem já passou por lá, onde os mais populares se reúnem na lista “Our Picks“. Após a reserva e o pagamento pelo rango, você recebe o endereço do anfitrião. Há alguns itens mais criativos para escolha no site, como o Workshop de comida indiana ou um tradicional chá da tarde inglês.

A história toda já era tendência na Índia, pois as famílias têm o costume de receber turistas com refeições típicas feitas por quem sabe e quer simplesmente fazê-las.

Afinal, o que mais pode pedir um viajante do que comer bem, ser bem recebido e ainda conhecer pessoas novas?

plate1

plate4

plate3

plate2

plate5

Se você ainda não pode ir longe, há uma experiência parecida no restaurante Tian, em São Paulo. Eles organizam uma degustação compartilhada, oferecendo pequenas porções com sabores de vários cantos da Ásia, incluindo Pad Thai, Woks e Lamen.

Fotos: Divulgação




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!