Viagem

Conheça o viajante que lutou contra três cânceres e acaba de terminar uma aventura no Polo Sul

Os aventureiros têm dentro de si um sentimento de inquietude e curiosidade que deve ser saciado periodicamente. A história de Patrick McIntosh é uma inspiração à mais para quem quer viver uma grande aventura: ele venceu três tipos de cânceres e finalizou um trajeto de 222 quilômetros pelo Polo Sul em janeiro deste ano.

Aos 58 anos de idade, o consultor financeiro andou por 11 dias, acampou sem nenhum tipo de assistência e resistiu ao frio, acompanhado apenas do guia Conrad Dickinson. Durante 13 meses, ele lutou contra câncer de intestino, seguido de câncer de pele e de próstata, sendo que, após a cura, resolveu sair nesta expedição, mostrando que o caminho para a felicidade é traçado por nós mesmos. Para chegar até lá, ele voou até Punta Arena, no Chile, dia 29 de dezembro, de onde se iniciou a caminhada diária de oito horas.

Chegando ao destino final três dias antes do previsto, McIntosh concluiu que é possível viver além do câncer facilmente e eu sou um exemplo vivo disso. Quero fazer um monte de palestras e passeios quando chegar em casa, para explicar tudo isso para as pessoas”, disse ao Daily Telegraph. Fã de aventura, ele já escalou o Kilimanjaro, e para treinar a ida ao Polo Sul, andou mais de três quilômetros de esqui por noite, além de se jogar em sua piscina fria também de noite e correr uma maratona.

Para arrecadar fundos para instituições como a Bowel Cancer UK e a Prostate Cancer UK, McIntosh criou a Fundação KMG,que já conquistou 66 mil libras e tem o intuito de chegar a 250 mil.

O que a força de vontade e a sede pela aventura não fazem, não é mesmo? Inspire-se:

patrickmc6

patrickmc4

patrickmc3

patrickmc5

patrickmc2

PX*12629792

patrickmc7

patrickmc11

patrickmc12

patrickmc8

Todas as fotos © KMG Foundation




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!