Viagem

Conheça as 10 melhores cidades do mundo para pedalar

Se navegar é preciso, pedalar é mais ainda. Com o crescimento da consciência ambiental, as bicicletas estão novamente em ascensão mundial, tornando-se um verdadeiro fenômeno e avanço no que diz respeito a políticas públicas, qualidade de vida, meio de transporte e sustentabilidade.

Em algumas cidades ao redor do mundo, o uso das magrelas não é nenhuma novidade, já que são item cotidiano na vida das pessoas há tempos e só têm evoluído cada vez mais o tamanho da malha cicloviária. No Brasil, o processo tem sido mais lento, mas está acontecendo, por meio de várias ações sociais de incentivo ao uso das bikes e apoio, mesmo que tímido, de alguns governos para prolongar o circuito de ciclovias.

Amsterdã, na Holanda, elegeu as bicicletas como meio de transporte oficial, expandido a ideia de mobilidade urbana possível para diversos outros locais no mundo, destacando-se como exemplo na área. O incentivo é tamanho que atualmente a cidade “sofre” com tráfego intenso de bikes, com registro de 1 milhão delas circulando nos 400 quilômetros de faixa especial, segundo pesquisa feita no ano de 2006.

Como o mundo é muito maior do que a Holanda, confira abaixo outros lugares onde as bicicletas são muito bem vindas no dia a dia ou apenas para um passeio:

1. Dublin, Irlanda

Com 650 quilômetros de ciclovias e muitos adeptos a percorre-los, fica difícil não usar bicicleta em Dublin. Se o clima estiver bom, você pode se empolgar para conhecer todas as paisagens que a cidade oferece, passando pelo Trinity College ou pelo animado Temple Bar. O maior movimento de bikes pode ser visto às margens do rio Liffey ou pelos jardins do parque Phoenix.

dublinthepleasuredublinthefunFoto: dublinthepleasuredublinthefun

2. San Diego, Califórnia

Como não andar de bike numa cidade litorânea? A paisagem montanhosa e o clima favorável é um belo convite às pedaladas, começando pelo passeio marítimo em Ocean Beach, onde dá pra observar os surfistas fazendo sua arte, seguindo por Balboa Park, o maior parque cultural do Estados Unidos, terminando com um descanso pelos gramados do zoológico. Nada mal, não?

sandiegoFoto: sandiegocentury

3. Copenhagen, Dinamarca

Para os dinamarqueses, a bicicleta é também um instrumento básico de sobrevivência. A estrutura da cidade colabora muito com a modalidade, que se tornou parte da cultura local, somando mais de 350 quilômetros de ciclovias. Com duas rodas dá até pra chegar às praias de Amager ou Bellevue, seguindo por paisagens encantadoras.

copenhagenFoto: cityclock

4. Florença, Itália

Nada melhor do que pedalar pela capital da arte e sentir todo o aroma das trattorias ao longo do caminho, cercado ainda por uma arquitetura charmosa e construída nos séculos passados. Vale a visita na Galeria Uffizi, na Praça da República, na Cúpula de Brunelleschi e na Piazza Santa Croce.

FlorenceFoto: 1zoom

5. Amsterdã, Holanda

Amsterdã é certamente um clássico quando se fala de bicicleta, já que foi eleita como o melhor lugar para se pedalar, especialmente para os iniciantes. Entre os canais, terraços e jardins você notará que não está sozinho durante a jornada sob duas rodas. Os holandeses são extremamente adeptos a modalidade, tanto que 90% da cidade possui ciclovias. É pra ficar “mal acostumado” mesmo.

amsterdamFoto: modernexpatfamily

6. Tóquio, Japão

Extremamente cosmopolita, lotada de pessoas, carros e luzes neon, Tóquio é também uma cidade para ciclistas. O centro da capital é um dos melhores lugares para se pedalar graças as ruas adjacentes nas grandes avenidas, tornando o passeio bem tranquilo e sem aquele medo de se perder no meio do trânsito. O maior perigo é não conseguir manter o senso de direção, mas nada que algum app não te ajude.

tokyoFoto: tokyobybike

7. Londres, Reino Unido

Os britânicos também não dispensam a bicicleta na hora de se locomover pela terra da rainha. Vale lembrar que a condução é sempre pela faixa da esquerda, assim você percorre tranquilamente pelo centro de Londres e os bairros mais afastados, como os subúrbios.

londonFoto: wikipedia.org

8. Viena, Austria

Viena surpreende com seus 800 quilômetros de ciclovia, fazendo com que as bikes estejam por todas as partes. É possível aluga-las e atravessar a Ringstrasse, anel que mostra os edifícios mais emblemáticos da cidade. Os mais curiosos podem desbravar ainda áreas como Grinzing, no distrito 19, o bairro dos vinhedos ao norte da cidade, com vistas deslumbrantes, e ainda descobrir algumas vinícolas em jardins familiares.

vienaFoto: cyclocity

9. Hvar, Croácia

A ilha croata tem uma beleza mediterrânea rústica que pode ser melhor aproveitada através da bicicleta. Dá pra pedalar por pequenas enseadas, vinhedos ou explorar os centros antigos das cidades Hvar e Stari Grad. As encostas quase inexistentes revelam vistas paradisíacas.

hvarFoto: croactive-holidays

10. Munique, Alemanha

A capital Baviera, aos pés dos majestosos Alpes, pode ser um bom ponto de partida para quem deseja pedalar na Alemanha. Munique é uma cidade plana e segura, muito bem preparada para quem utiliza bikes como meio de transporte, com mais de 1.200 quilômetros de pistas. Vale dar um pulo no Englischer Garten, descobrir as ruas de Schwabing ou ainda fazer uma pausa no Olympia Park. Só não vale consumir muita cerveja e querer sair pedalando, pois as mesmas regras dos motoristas valem para os ciclistas.

muniqueFoto: livablestreet




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!