Empreendedorismo

As regras de ouro que você não pode ignorar se quer ser freelancer

Há muitos equívocos ligados ao trabalho de um freelancer e o mais comum, possivelmente, é fazer malabarismos com o tempo, já que não é preciso se deslocar nem se conformar com uma estrutura corporativa. No entanto, maiores responsabilidades acontecem com um freelancer e trabalhar de forma independente não é para todos.

Confira cinco dicas essenciais para saber o que fazer se quiser seguir por este caminho:

Seja você mesmo

Uma das lições mais importantes é confiar em quem você é como freelancer. Ser um freelancer dá-lhe a flexibilidade para aprimorar um estilo que é exclusivamente seu, mas é importante não se limitar que o seu trabalho criativo seja tudo sobre você.

Adicione um toque pessoal a seus projetos e, com o tempo, os clientes podem contratá-lo por causa da diferença que você irá fazer ao que eles precisam.

Aprenda a dizer que não

É tentador dizer sim a tudo, especialmente quando não se tem um salário fixo, mas é um erro que muitos freelancers principiantes cometem. Assim como os clientes têm uma lista mental de critérios ao julgar designers, também é importante que você tenha o seu próprio para “filtrar” clientes questionáveis.

Por exemplo: Eles são pontuais? Eles respeitam seu tempo e não discutem suas taxas? Eles têm uma visão do tipo de trabalho que desejam, ou não têm a menor ideia? Tenha em mente que quando você faz um projeto, você está potencialmente rejeitando outro.

O conteúdo é sempre importante

Você pode seguir todas as últimas tendências necessárias para projetar um site bonito, mas sem conteúdo de qualidade, não valerá muito. Lembre-se, há uma diferença entre arte e design – e um design que não faz seu trabalho não é muito bom.

Na maioria das vezes, é claro, você não terá controle direto sobre o conteúdo que seu cliente tem – e é por isso que é tão importante aprender a dizer não aos clientes que talvez não sejam úteis para o seu portfólio a longo prazo.

Adicione valor

Sempre adicione valor a seus clientes. Você não está vendendo seus serviços, você está vendendo o valor que você pode levar seu cliente. Há centenas, senão milhares de pessoas e empresas que fazem o que você faz, mas por que os clientes te contratam?

Agregar valor não só ajuda você a atrair e reter clientes, mas também garante que você não se subvalorize.

Seu cliente mais importante: você

É importante passar uma hora por dia trabalhando em sua própria marca antes de trabalhar em qualquer trabalho de cliente. Esta é uma regra que todos os freelancers devem aprender e ajudará a gerenciar seu tempo efetivamente e a crescer sua marca.

Passe uma hora pela manhã abordando as coisas que você precisa para fazer para aumentar sua marca. Pode ser tão simples como responder e-mails que você adiou, pesquisando tópicos para novas postagens de blogs ou começar a desenvolver sua própria estratégia de marketing de conteúdo. Não se sinta culpado por se colocar em primeiro lugar.

freela

Todas as imagens: Reprodução




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!