Brasileiros Viajantes

As 15 coisas que aprendi sobre a Índia trabalhando voluntariamente

Nessa edição do Brasileiros Viajantes, quem dá as dicas é novamente um homem, Matheus Silva, um brasileiro de 23 anos que tem andado pelo mundo. Ele esteve três meses vivendo na Índia, um país intenso e vibrante, e vem contar pra gente o que aprendeu por lá. Vale a pena ler.

A Índia é um país místico, milenar e com diversidades culturais marcantes. Durante três meses de trabalho voluntário com crianças carentes de um subúrbio de Kolkata (Calcutá), na Índia, pude provar as diferentes formas com as quais os indianos lidam com atividades diárias e com a vida.

No tempo em que estive trabalhando e viajando pelo país percebi que a palavra rotina não existia, já que todo dia era marcado por uma nova descoberta. A certeza que fica é que se você pretende ir para a Índia, vá de mente aberta para enfrentar o choque cultural e leve tudo como um grande aprendizado, pois caso contrário você não terá a energia necessária para sobreviver a tanta adversidade.

1. A Índia tem mesmo muita gente

Provável que você tenha lido algum livro ou visto em algum documentário que na Índia existem mais de 1,2 bilhões de pessoas atualmente, ou seja, aproximadamente 17% de toda a população mundial. O fato é que existem muitas pessoas no país e andar pelas ruas sem esbarrar em ninguém se torna algo quase impossível.

India1Movimentação intensa nas ruas de Kolkata

2. O trânsito está presente em todo lugar

Você ainda reclama do trânsito de São Paulo? Imagine juntar ruas sem sinalização com motoristas que se parecem mais com kamikazes. A regra do trânsito na Índia é não ter regras. A única certeza que domina entre os motoristas é buzinar! Buzinar para seguir em frente, buzinar para dar setas e buzinar para parar. Junte todo esse caos à pedestres, táxis, ônibus, tuk-tuks (espécie de triciclo motorizado) que você tem um cenário do trânsito indiano. E não se esqueça das vacas!

India2
“Obedeça as PERIGOSAS regras de trânsito. Boa sorte”

3. Vacas?

Você encontrará vacas por todo lado. O animal é considerado sagrado na Índia pelo Hinduísmo (religião seguida por cerca de 80% da população), por ser a montaria do deus Shiva, um dos mais reverenciados no país. Por isso não irá encontrar churrascarias na Índia. Você se arrisca a convidar um Hindu para comer churrasco?

India3Você pode me dar uma licença para eu passar?”

4. Barganhar, barganhar e barganhar

Pensando em fazer compras? O hábito de barganhar é essencial para quem deseja adquirir algum produto com camelôs indianos. Agora se for comprar algum produto em supermercados ou lojas de conveniência, fique esperto com a embalagem. Os produtos embalados têm discriminado o preço. Sempre que comprar algum item embalado, preste atenção no preço antes de comprá-lo, pois alguns vendedores podem tentar enganá-lo.

5. Chai

O chá indiano (chai) é uma mistura de chá e leite e é tomado por todos e em qualquer lugar. O hábito trazido pelos ingleses, que colonizaram o país durante muitos anos, perdura até hoje. Então fique preparado para escutar “Chai, chai, chai, chai!” enquanto estiver andando pelas ruas.

India5
Iguaria que se assemelha ao diário cafezinho

6. Corvos na Índia são iguais a pombos no Brasil

Você deve ter escutado que pombos são ratos com asas. Agora imagine que ao invés de pombos, os céus estão dominados por corvos! A realidade na Índia é que os corvos, pássaros negros e nada gentis, dominam as ruas das cidades. E algumas vezes dá medo!

India6Corvos não possuem um aspecto amigável, botando medo em qualquer um que passa

7. Crianças dançarinas

Lecionar inglês e conhecimentos gerais para crianças carentes foi uma experiência muito enriquecedora. Mas o que cativava mesmo a atenção deles era música e dança. Nunca tinha visto tanta euforia e energia em crianças de 5 anos, que já faziam passos de Michael Jackson com facilidade. Então tome cuidado quando ligar uma música perto de crianças indianas! Deve ser o efeito Bollywood.

India7
A alegria transborda quando nos dedicamos a algo que nos deixa feliz

8. Comida de rua

Na Índia, vigilância sanitária parece utopia. Existem muitos restaurantes de rua, em qualquer lugar da cidade, com poucas condições de limpeza. Mas acredite se quiser – a street food, ou comida de rua, é mais saborosa do que a vendida em restaurantes.

India8A higiene não é um requisito básico para as comidas de rua, mas elas são tão saborosas quanto comidas de restaurante

9. Lavagem bucal

Se optar por comer em restaurantes, não se preocupe em levar escova de dente. Após a refeição, os restaurantes providenciam palitos, cubos de açúcar e erva doce. O açúcar pode te ajudar a economizar na sobremesa, o palito para limpar as sujeiras em lugares estratégicos do dente e a erva doce para dar o frescor no hálito.

India9Seria mais fácil escovar os dentes

10. Viagem e ronco

Viajar de trem na Índia é fácil e barato. O país possui uma das mais extensas linhas férreas do mundo, podendo cruzar o país de norte a sul, leste a oeste, dentro de um trem. Existem categorias mais caras e confortáveis e categorias mais baratas, aquelas para estrangeiros mochileiros. Porém, se for viajar com algum indiano se prepare – a maioria deles ronca quando está dormindo. E o ronco varia de alto para “você tem algum problema de saúde”?

India10
Me dá uma carona?

11. Metrô

As grandes capitais já possuem serviços de metro que funcionam muito bem. Contudo, existem suas diferenças. Em Nova Délhi, capital da Índia, antes de embarcar, você precisa passar por uma checagem de seus pertences em raio-X e por guardas armados com metralhadoras. O metrô desta cidade surpreende, pois tem até tomadas dentro de cada compartimento que levam passageiros. Em Kolkata, capital do país quando era colônia da Inglaterra, o metrô é o mais antigo da Índia. Os compartimentos são separados em lado feminino e lado masculino, sendo que o lado feminino sempre sobra espaço. Entretanto, se você estiver no lado masculino e achar um canto, lute por ele, pois será uma batalha para permanecer.

Dica 1: na hora de entrar no metrô, faça a maior força possível para entrar, senão você ficará para trás.
Dica 2: Se for homem, dê uma de desentendido e fique esperando chegar na sua estação no lado das mulheres.

India11Rara cena vista em um metro do subúrbio de Nova Délhi, sem movimentação de pessoas. Era feriado neste dia.

12. Festival Holi

O Festival das Cores, como é mais conhecido o Holi, é uma data para comemorar a chegada da Primavera no Hemisfério Norte. É uma celebração Hindu muito divertida que envolve jogar pó colorido, feito com flores e algumas frutas, nas pessoas. Escolha suas cores e se prepare para ficar colorido!

India12Escolha sua cor favorita e boa diversão

13. Esporte nacional

Futebol? Basquete? Vôlei? Na Índia o esporte que faz o país parar, grudar na frente da televisão e ir aos estádios é o cricket. Outro costume trazido pelos ingleses no período da colonização, o esporte é o queridinho dos indianos. Se você acha que Brasil x Argentina no futebol é uma disputa intensa, é porque ainda não viu Índia x Paquistão jogando cricket!

India13
Rebatedor atento para acertar a bola

14. Cabeleireiro em qualquer esquina

Se você deseja cortar o cabelo ou fazer a barba para mudar o visual, é só avistar os talentosos cabeleireiros das ruas. Eles estão por qualquer esquina, literalmente, e possuem uma técnica apurada para te deixar igual um astro de Hollywood.

India14Houve um preparo psicológico antes de arriscar

15. Quer tomar um banho?

As ruas de Kolkata são repletas de equipamentos que bombeiam água e sempre que você andar por elas, irá se deparar com pessoas tomando banho e lavando roupas, ao ar livre. Se for tentar tomar banho, como eu fiz no meu último dia de intercâmbio, fique ciente que você ficará mais sujo do que antes de ter jogado água em si mesmo.

India15Banho gelado nas ruas de Kolkata

ass-matheus1

Você pode acompanhar as aventuras de Matheus pelo mundo no Instagram @ma_tai. Atualmente, Matheus é empreendedor social na Agruppa, com o objetivo de melhorar a Educação no país através da tecnologia

Todas as fotos © Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva

faixa-brasileiros-grande




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!