Viagem

Conheça a vila das casas feitas com barcos invertidos na França

Equihen Plage, na costa do norte da França, é uma pequena vila à beira-mar com uma população de cerca de 3 mil pessoas. Até o início do século XX, o local foi uma aldeia de pescadores que servia como porto seco – de onde barcos de pesca eram lançados ao mar deslizados em toras de madeira. Hoje, a aldeia é famosa por suas muitas casas feitas de barcos invertidos, localmente conhecidas como “quilles en l’air“. Estas curiosas casinhas servem como alojamento de férias para viajantes que visitam a vila.

equihen-plage-boat-house-32
Foto © Bateloupreaut/Wikimedia

Nos velhos tempos, não era raro encontrar barcos velhos – tanto eretos quanto virados – ao longo da costa, onde eram trazidos para cima e secos na praia para serem usados para habitação. O casco, que se tornava o telhado, era coberto de alcatrão para garantir que ficasse bem reforçado. Uma porta era cortada nas laterais e fornecia a entrada, enquanto pequenas janelas deixavam entrar o ar e a luz. Mesmo assim, o interior ficava escuro e abafado.

equihen-plage-boat-house-225

Todo o comprimento do barco servia como um quarto individual, espaço para cozinhar e dormir – tudo compartilhado.

Durante a Segunda Guerra Mundial, quase todas as casas-barco foram destruídas, mas seu legado permaneceu.

equihen-plage-boat-house-510
Foto © Joel Herbez

Na década de 1990, cerca de sessenta anos após seu desaparecimento, a aldeia decidiu reviver seu antigo patrimônio. Os barcos invertidos começaram a ser reconstruídos, desta vez de modo bastante moderno, para atrair turistas. Agora eles podem ser alugados com preços a partir de trezentos euros.

equihen-plage-boat-house-12
Foto © Joel Herbez

equihen-plage-boat-house-22
Foto © Bertrand Hodicq/Wikimedia




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!