Viagem

7 motivos para se apaixonar por Noronha

Brasil é um país com tantas lugares maravilhosos pra conhecer. Por isso, há algum tempo fizemos um combinado de explorar mais cidades brasileiras. Numa tarde, sentamos com o mapa do Brasil para escolher o nosso próximo destino. Nós dois, numa coincidência, apontamos para o mesmo lugar no mapa: Fernando de Noronha. A gente já tinha ouvido falar coisas maravilhosas sobre Noronha e há tempos queríamos marcar uma viagem para lá. Somos apaixonados por natureza e tínhamos certeza que iríamos nos encantar por esse arquipélago perdido no meio do oceano atlântico.

mirante

Com parceria da Easy Viagens e da Pousada Filó, arrumamos as malas em direção à Noronha. Já podemos dizer que as nossas expectativas foram não somente atendidas, como superadas. Noronha é mesmo tudo aquilo que todo mundo fala. É uma joia do nosso país que precisamos amar, respeitar, contemplar e cuidar. Ficamos uma semana por lá e deu pra explorar bastante as várias opções de programas que Noronha reserva. Por isso, se você ainda não conhece Noronha, listamos 7 motivos para você se apaixonar por esse arquipélago.

noronha

1) Tem mesmo as praias mais bonitas do Brasil

A gente já conheceu bastante praias brasileiras, mas sem dúvidas as de Noronha são as mais bonitas que vimos até hoje – a começar pela cor da água (que rendeu apelido para o arquipélago de Esmeralda do Atlântico), passando pelas formações rochosas que podem ser vistas nas diferentes praias e terminando na visibilidade do mar que dá a sensação de você estar nadando num aquário cercado de vida.

snorkel

Visitamos praticamente todas as praias do arquipélago, mas se tivermos que fazer um top 3 das que mais gostamos, foram:

– Baía dos Porcos: as formações rochosas deixam a praia com um visual único! Para chegar nela, tem que ir até o lado esquerdo da praia da Cacimba do Padre e passar por uma pequena trilha de pedras. É muito boa para fazer mergulho livre de snorkel por causa da geologia subaquática de lá que é um campo fértil para alimentação e refúgio de vários animais marinhos. Além dos cardumes de peixes coloridos, vimos também por lá tartarugas e arraias se alimentando. Sem falar que dessa praia você pode ver de frente o famoso Morro dos Irmãos, que confere um visual mágico para o lugar.

baiadosporcos

– Praia do Sancho: Durante 3 anos consecutivos, ela foi considerada a praia mais bonita do mundo em votação popular pelo Trip Advisor. Ela perdeu uma posição e hoje se encontra em segundo lugar. A vista dela do alto é um dos cartões postais mais famosos de Noronha. Só que para descer na praia, tem que passar por um pequeno desafio: descer dois lances de uma escada encrustrada no meio das rochas. Para quem tem medo de altura, melhor não olhar para baixo. Essa saga compensa cada minuto quando você chega na praia do Sancho e entende na hora o porque ela é ganhou o título de praia mais bonita do mundo.

sancho

– Praia do Cachorro: Essa praia é a mais perto do centrinho da ilha e na nossa opinião, uma das mais lindas do arquipélago. Lá tem uma boa estrutura de quiosques para você contemplar o visual tomando um drink e comendo algum quitute. É uma ótima praia para mergulho com snorkel e Stand Up Paddle. Com maré baixa, dá para tomar banho numa piscina de pedra natural que forma no canto direito da praia (vamos falar mais sobre ela no item 6)

praiadocachorro

2) Você pode escolher varias localidades pra ver um pôr-do-sol inesquecível

Não bastassem as praias maravilhosas de Noronha, lá você ainda pode escolher vários lugares para curtir o pôr-do-sol. Um dos mais lindos que pegamos lá foi o visto do Restaurante Mergulhão. Chegue no horário do pôr-do-sol, peça um dos pratos maravilhosos que eles servem lá e prepare-se para ver um pôr-do-sol inesquecível.

mergulhao

Um outro lugar para curtir o pôr-do-sol é no Fortinho do Boldró. Uma galera se reúne nesse espaço todo fim de tarde para contemplar a vista lá de cima, com direito a aplauso no final do espetáculo do sol.

sunset

3) É o melhor ponto de mergulho do Brasil

Estando em Noronha, não dá para não mergulhar. Considerado melhor ponto de mergulho do Brasil – por causa da rica fauna e flora marinha e da visibilidade que gira em torno de 40 metros – Noronha é procurado por mergulhadores profissionais e amadores.

mergulho1

Se você nunca mergulhou, não perca a chance de fazer um mergulho de batismo. Nessa modalidade, você vai acompanhado de um instrutor e pode chegar na profundidade de até 12 metros. Como em qualquer ambiente natural, o que você vai encontrar lá em baixo é sempre uma surpresa, podendo ir desde peixes da mais diferentes espécies, passando por arraias, tartarugas, polvos, e tubarões.

Para fazer essa atividade com segurança, é muito importante escolher uma empresa séria que vai garantir que você tenha um passeio inesquecível. Fizemos o primeiro mergulho de batismo com a Atlantis Divers e foi demais! Conseguimos ver muitos peixes, arraias, tartarugas! A visibilidade estava ótima!

diving

dive

No segundo dia, foi a vez de mergulharmos com o pessoal da Águas Claras. Ficou pra memória também! Vimos moreias, alguns peixes grandes como barracudas, vários cardumes coloridos e tartarugas. A turma que mergulhou antes da gente viu tubarões, mas nós não cruzamos com eles!

aguasclaras

aguasclaras

Voltando ao assunto dos tubarões: a gente não encontrou tubarões nos mergulhos que fizemos, mas conhecemos bastante gente lá que cruzou com vários durante os mergulhos com cilidro e também fazendo mergulho livre de snorkel. Por ser um ambiente equilibrado, Noronha é considerado um lugar seguro para mergulhar com esses animais. Durante toda a história do arquipélago, só foi registrado um ataque de tubarão, que aconteceu ano passado. Por perder o título “dourado” de nunca ter havido qualquer incidente por lá, o acontecimento gerou grande comoção (em lugares como Havaí, até 2 registros de ataques de tubarão por ano são consideráveis aceitáveis e correspondente a um nível tido como seguro). Nesse incidente, pesquisadores acreditam que um tubarão não residente na ilha, de grande porte, passando pelas proximidades do arquipélago, foi o responsável pelo ocorrido. Uma medida de precaução recomendada pelos guias de lá é evitar mergulhar nos horários de alimentação dos tubarões, que são bem cedinho por volta das 6h, 7h da manhã, e no fim da tarde, após as 16h30, e sempre que possível, evitar fazer qualquer tipo de mergulho sozinho, inclusive snorkel, já que tubarões tendem a escolher presas que estejam isoladas em algum lugar. Sem falar em sempre respeitar o espaço, não só de tubarões, como de todos os animais marinhos que você encontrar pelo caminho. Fazer uma selfie com um tubarão passando ao seu lado pode ser irresistível, mas sempre bom evitar esse tipo de “bullying” com os animais.

4) Tem vários restaurantes ótimos para você escolher

Se você gosta de viagens gastronômicas, em Noronha você vai passar bem. Existem vários restaurantes ótimos no arquipélago para todos os gostos. Dentre todos que experimentamos, nosso favorito foi o Restaurante Mergulhão.

mergulhao2

mer1

Chegamos na hora do pôr-do-sol, pedimos o menu desgustação e foi uma experiência incrível!

mergulha%cc%83o

Ceviche peixe do dia com maracujá e tartare de atum com manga. (Restaurante Mergulhão)

mergulhao3

Na foto da esquerda, peixe recheado de palmito, queijo coalho, camarão e empanado com cereais, com cobertura alho-poró. Na foto da direita, queijo coalho bronzeado com linguiça da casa. (Restaurante Mergulhão)

Outras opções que recomendamos são os restaurantes Xica da Silva e o Cacimba Bistrô.

5) Ver golfinhos-rotadores dando um show

golfinhos

A ilha é famosa por sua população de golfinhos-rotadores que costumam dar um show para os turistas. A melhor opção para vê-los de perto é fazendo um passeio de barco pelas regiões onde eles costumam ficar. Fizemos um passeio de barco saindo do porto de Santo Antônio e passando nas proximidades das Ilhas Secundárias e encontramos eles no caminho! <3

6) Mergulhar nas piscinas naturais

buracogalego

Além das praias magníficas, em Noronha é possível encontrar várias piscinas naturais formadas por rochas. A nossa preferida foi a piscina que se forma em maré baixa no canto direito da Praia do Cachorro, e que leva o nome de Buraco do Galego. O buraco tem 2,5 metros de diâmetro e profundidade de 3 metros, permitindo que as pessoas pulem das pedras acima dele.

galego

7) Contemplar as formações rochosas características da ilha

Noronha é um arquipélago formado por 21 ilhas no meio do oceano. A origem desse paraíso preservado aconteceu entre 12 milhões e 1,5 milhão de anos atrás, palco de sucessivas explosões de lava vulcânica que deram origem ao lugar. O que a gente vê acima do mar é apenas o topo de uma montanha submarina de 4,2 mil metros de profundidade. Com o passar do anos, a própria natureza foi responsável por desgastar as montanhas fazendo surgir um relevo único que dá todo um charme para Noronha.

noronha2

Uma das formações rochosas mais famosas – e que pode ser vista de vários pontos da ilha – é o Morro do Pico, ponto mais alto de Noronha, com 323 metros de altura. Ele é o cume de um grande sistema de montanhas submarinas que a gente só consegue ver quando mergulhamos no mar.

pico

Outra formação rochosa que virou cartão postal de Noronha é o Morro dois Irmãos. Para vê-lo de cima, e tirar aquela foto famosa, basta ir até a trilha de madeira que leva até a praia do Sancho e caminhar mais alguns metros para a direita. Outro ponto de onde você tem uma vista privilegiada desse morro é da praia da Cacimba do Padre.

dois-irmaos

Ficou com vontade de conhecer essas maravilhas de Fernando de Noronha? Vale muito a pena! Recomendamos um período de 4 a 5 dias para conseguir curtir a ilha com calma. Para te ajudar a planejar a sua viagem, recomendamos a Easy Viagens, que sabe tudo de Noronha e vai te ajudar a montar um pacote bem bacana para conhecer esse paraíso. Eles inclusive são trabalham com reservas da Pousada Filó que foi onde nos hospedamos – uma pousada familiar, com bangalôs simples (como tudo em Noronha) porém super confortáveis, e com essa vista de tirar o fôlego:

filo3

filo1

E você, já conhece Noronha? Tem alguma dica imperdível que ficou fora desse post? Deixe nos comentários!

Agradecemos os nossos parceiros que colaboraram com essa viagem:

Pousada Filó (Facebook / Instagram)

Easy Viagens (Facebook / Instagram)

Atlantis Divers (Facebook/ Instagram)

Águas Claras Mergulho (atendimento pelo whatsapp:(84) 9 9130-3042)

Restaurante Mergulhão (Facebook )

Todas as fotos por Eme Viegas / Jaque Barbosa para @nomadesdigitais.




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!