Viagem

5 programas imperdíveis para fazer em Estocolmo, capital da Suécia

A maior cidade da Escandinávia, e também uma das mais bonitas, é referência quando se fala em qualidade de vida, gastronomia e turismo. A Suécia como um todo é conhecida por sua alta expectativa de vida, baixíssimo índice de violência e paisagens impressionantes, o que fazem desse país e de sua capital um destino obrigatório para os amantes de viagens.

A terra dos Vikings tem uma população receptiva, apesar de reservada. A comunicação não será um problema, pois praticamente todos os suecos falam inglês (o sistema educacional da Suécia é um dos melhores do mundo, e o país tem uma porcentagem de falantes de inglês maior que a do Canadá).

1. Caminhar pela Gamla Stan

Localizada em uma das muitas ilhas que compõem a cidade, Gamla Stan (cidade antiga, em sueco) é a parte histórica do centro de Estocolmo. Parada obrigatória para os visitantes, lá há vários cafés (a Suécia é um dos países onde mais se consome café), museus, incluindo o Museu Nobel, lojas de artesanato e restaurantes. Sem contar com as construções de estilo medieval de tirar o fôlego.

Suas ruas principais são a Västerlånggatan e a Österlånggatan, e o cartão postal da cidade é a Praça Stortorget.

1. Gamla Stan

2. Andar de metrô

Ao contrário de muitas cidades, onde as pessoas utilizam o metrô apenas para se locomoverem, em Estocolmo ele é um espetáculo a parte. O viajante que vai de uma atração da cidade a outra por esse sistema de transporte tem a sensação de estar em um museu subterrâneo, onde se paga apenas a passagem e se tem direito a uma infinidade de obras impressionantes.

90% de todas as estações de metrô da cidade são decoradas com pinturas, esculturas e outras formas de arte de vários artistas.

2. Metrô

3. Experimentar o autêntico Kanelbulle sueco em um Fika com amigos

Sim, parece apenas um bolinho de canela, e é isso que ele é. Mas provavelmente vai ser o melhor bolinho de canela da sua vida. A culinária nórdica tem a característica de proporcionar sabores fortes e pronunciados. Se um padeiro sueco vai fazer bolinho de canela, ele vai fazer com muita, mas muita canela mesmo, pois ela é a estrela da receita.

Outro ingrediente muito comum na confeitaria sueca é o cardamomo, que também tem seu bolinho especial. Já o “Fika” é a tradição sueca de tirar uma pausa no trabalho ou estudo para um café, geralmente acompanhado de um Kanelbulle. Os suecos são tão aficionados por essa iguaria que instauraram o kanelbullesdag (dia do bolinho de canela), todo 4 de outubro.

3. Kanelbulle

4. Visitar o museu do Navio Vasa

 Em 1628, o navio de guerra Vasa foi lançado ao mar. Infelizmente, esse navio não chegou nem perto de completar sua jornada. Ele afundou logo depois de ser lançado. Nos anos 60, foi retirado do fundo do mar e restaurado. Hoje, é possível ver esse imenso navio no Vasamuseet, localizado em uma das ilhas de Estocolmo, não muito longe do centro. Vale a pena visitá-lo e se sentir um pouquinho no século 17, quando ele foi construído.

4. Museu Vasa

5. Passar um dia em Sigtuna

Localizada fora de Estocolmo e, na verdade, uma cidade independente, Sigtuna é a cidade mais antiga da Suécia. (Sim, o título do post é “5 coisas para se fazer em Estocolmo”, mas essa cidadezinha é tão linda e tão perto que espero que quando forem lá, vão perdoar o deslize). Lá pode-se visitar igrejas, ruínas, e é possível banhar-se no lago Mälaren.

5. Sigtuna

A cidade também abriga restaurantes e barraquinhas de frutas típicas.

5.. Sigtuna

Todas as fotos © Caio Sá Moreira

ass_caiosa




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!