Viagem

3 destinos na Índia que mudarão para sempre sua forma de olhar para a vida

Quando eu dizia que ia para a Índia, muitas pessoas me olhavam como se fosse louca. Minha decisão foi baseada em um simples fato: ouvi dizer que apesar da pobreza, imundície e caos, os olhos dos indianos brilham. A população pulsa com a força vital vibrante, e eu estou tão cansada de viver entre mortos-vivos: crianças que não brincam, mulheres que não riem, homens sem honra, pessoas que não correm riscos. Tornamo-nos uma sociedade de zumbis que se arrastam pela vida sem propósito. Nosso medo é tão grande que nos petrifica.

Você concorda que poderia se tornar uma versão mais apaixonada de si mesmo(a)? Aqui estão três lugares que podem ajudar na transformação.

Srinagar: a vida sobre um espelho d’água

Você já sonhou com um lugar onde os carros são inúteis e seu hotel é um barco, mas não é lotado como um cruzeiro e você ainda pode comprar todos os tipos de belezuras sem botar o pé pra fora? Um lugar onde você desliza em barcos silenciosos (chamados “shikaras”) durante todo o dia, vê as estrelas a noite e as águas calmas refletem seu estado de espírito como um espelho? Bem, esse lugar existe.

Estar lá faz com que você se sinta em um filme que ganharia Oscars de melhor fotografia. A capital da Caxemira tem jardins surpreendentes, lagos, e é também conhecida pelo seu artesanato tradicional. Durante um passeio de barco, é possível comprar coisas como os melhores pashminas no mundo (é de lá que elas vêm), joias finas, seda, couro e mel de ópio. Sim, mel de ópio! A dona da loja insistiu que o Mick Jagger havia estado lá também. O único problema é a forte presença do exército indiano por causa das disputas fronteiriças com o Paquistão, mas você nunca saberia disso se não tivesse que ir até o centro. Bem, o centro da cidade não é realmente um lugar que valha a pena, então fique em seu barco e desfrute de uma xícara de chá no sofá da popa enquanto lê um grande livro. O nome da minha shikara era “Vida Feliz”. Eu definitivamente não me perguntei por quê.

Saturday-225

Saturday-386

Taj Mahal em Agra: um brinde ao amor e a beleza

Grandes monumentos são normalmente construídos para reis, guerreiros ou presidentes. O Taj é um tributo ao amor, e isso certamente parece influenciar a maneira como nos sentimos ao olhar fixamente para ele. É mais do que majestosa beleza: sua presença é a manifestação de um amor tão grande que aquece nossos corações. Foi construído pelo imperador Shah Jahan em memória de sua terceira esposa, Mumtaz Mahal, que faleceu após o parto, deixando-o desolado. Não há muito mais para fazer em Agra, por isso faz todo sentido gastar um pouco mais para ficar no hotel em frente e desfrutá-lo ao máximo. O Oberoi Amarvillas é um dos hotéis mais incríveis em que já me hospedei. A beleza é contagiante.

jump

Saturday-456

Rishikesh: o mundo paralelo das vacas

Você sabe que pertence a uma realidade diferente quando adentra a capital mundial do yoga. Eles esperam que as vacas atravessem a rua e meditam por horas enquanto você sofre terrivelmente por ficar sem internet. É a cidade com mais ashrams por metro quadrado do mundo. Você pode escolher um deles ou um hotel, mas não espere luxo!

A experiência Rishikesh tem muito mais a ver com pisar no esterco e perceber nossa pequenez ao mesmo tempo em que nos damos conta do quanto somos grandiosos se olharmos para dentro de nós mesmos. Uma boa coisa é que seu quarto, mesmo que seja meio sujo, pode ter uma vista encantadora do rio Ganges, uma das atrações principais. Muitas pessoas começam o dia em suas águas energizantes (que ainda são limpas por lá!), o que é também uma experiência transformadora. Uma visita a um centro de medicina Ayurvédica deve ser obrigatória. Os tratamentos são muito baratos e incluem massagens profundas, realizadas por duas pessoas em movimentos sincronizados. O objetivo é restaurar o bem-estar físico, mental e emocional. Permita-se derreter por inteiro enquanto jogam óleos perfumados em sua testa.

Saturday-190

Saturday-142

Minha conclusão é que ao viajar para a Índia você deve preparar seus olhos para enxergar além do superficial. Sim, você vai ver a pobreza. Sim, você vai ver o caos. Mas você também verá olhos brilhantes e alegria sem igual. Lá tudo o que a grande maioria das pessoas querem é somente a próxima refeição do dia. Por isso, elas vivem extremamente conectadas com o momento presente, mesmo porque talvez não haja futuro. O AGORA é tudo que elas têm, e por isso seus olhos brilham. A gente tem tudo e está se arrastando deprimido pelos cantos, sempre pensando no futuro ou no passado e perdendo todas as coisas maravilhosas que estão acontecendo agora: seu filho acordando, seu jardim mudando de cor, nuvens fazendo palhaçada no céu, o por do sol de cada dia.

Eu era uma pessoa cerebral. Depois de conhecer a Índia virei puro coração. Mas uma coisa é certa: você certamente vai passar a valorizar mais o que realmente importa. Minha experiência foi maravilhosa – um sonho colorido de vívidos contrastes.

ass-alana-grande




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!