Viagem

20 impressões de uma brasileira sobre Londres

Viajar para um país estrangeiro é uma oportunidade única. Além de todos os lugares bonitos que podemos visitar, a chance de conhecer novos costumes também é inspiradora. E, com isso, as comparações com o nosso país se tornam inevitáveis. De fato, existe muita coisa que o Brasil poderia “emprestar” de outras culturas, mas, em outros casos, o jeitinho brasileiro faz falta – e muita! Estive na Inglaterra recentemente e pude entender melhor o que significam essas diferenças culturais. Quer aprender mais sobre Londres ? Confira 20 coisas que os ingleses fazem diferente de nós:

Transportes:

1. London Underground (ou Tube)

Ao contrário de outros países, o metrô de Londres tem nome próprio – e apelido! O sistema, um dos maiores do mundo com aproximadamente 400km de extensão, é conhecido como London Underground. Porém, os britânicos estão acostumados a referir-se a ele por Tube. É lá que você vai ouvir a famosa frase “Mind the Gap”, um dos símbolos da terra da rainha. Por isso, fique atento: caso você precise de uma informação, nem pense em perguntar pelo “subway”, ou vão te indicar a rede de restaurantes.

2. Distância nas estações

Existem estações de metrô gigantescas em Londres, como é o caso da Kings Cross St. Pancras Station, onde passam seis linhas de metrô, fora os trens para dentro e fora do Reino Unido. Por isso, engana-se quem pensa que é rápido chegar à linha desejada. Existe uma boa distância a ser percorrida entre a entrada da estação e as plataformas. Porém, tudo é muito bem sinalizado e se perder dentro das estações pode ser considerado um desafio.

3. Jornais no metrô 

É comum em Londres a distribuição de jornais gratuitos, assim como vemos em alguns lugares do Brasil. Porém, ninguém carrega o jornal consigo ao longo do dia. Não é raro ver pessoas deixando o jornal nos bancos do metrô ao desembarcarem na sua estação. Mas não se engane acreditando que isso é falta de educação. Na verdade, é um ato de gentileza com o próximo, que pode estar interessado em ler o jornal deixado para trás.

4. Ônibus

Em Londres, poucos ônibus funcionam depois da meia noite. Por isso, é essencial se certificar de que existe algum ônibus noturno passando pelas redondezas de onde você está, bem como do seu destino. Lá, os pontos de ônibus são organizados por letras, de modo que você precisa descobrir se vai pegar o ônibus no ponto A, B, C e assim por diante. Outra coisa interessante sobre os famosos ônibus de dois andares é que, em grande parte dos pontos, existe um letreiro eletrônico informando em quanto tempo seu ônibus estará lá. Eles chegam na hora certa, não se preocupe.

5. Trens

A proximidade com outros países da Europa faz com que os trens sejam uma das opções mais procuradas para viajar. O interessante é que, dentro dos vagões, as pessoas podem consumir bebidas alcoólicas livremente. Não se surpreenda se der de cara com um grupo de ingleses carregando engradados de cerveja para dentro dos trens ao fazer uma viagem. E não fique chocado caso eles fiquem bêbados antes de chegar ao destino final. Isso é comum.

6. Black Cabs

Você pode ficar chocado, mas apenas a menor parte dos Black Cabs são, de fato, pretos. Em Londres, é comum que os táxis sejam cobertos por propagandas de operadoras de celular e algumas lojas.

7. Mão inversa

Não é surpresa para ninguém que na Inglaterra se dirige na mão inversa. Porém, isso pode ser bastante complicado para quem não está habituado. É bastante difícil se acostumar a olhar para o lado oposto antes de atravessar a rua, mas, felizmente, as esquinas mais movimentadas têm pinturas no chão indicando para qual lado você deve olhar antes de atravessar. Isso vai facilitar a sua vida, mas lembre-se de ficar sempre atento. O trânsito em Londres pode ser bem maluco.

8. Bicicletas

Embora não seja tão comum como em outros países da Europa, como na Holanda, é possível ver algumas pessoas andando de bicicleta em Londres. Porém, não existe ciclovia. Você deve andar no mesmo sentido em que vão os carros, pela rua. Caso não obedeça a essa regra, você pode até mesmo ser multado! Se você se sentir inseguro com isso, prefira dar o seu passeio de bike pelos parques. Lembre-se apenas de que algumas áreas são restritas a ciclistas.

Estilo de vida

9. Moda

Não é atoa que Londres é considerada um dos destinos mais importantes para os grandes eventos de moda, a diversidade existente na cidade é realmente impressionante. Lá, é difícil encontrar pessoas seguindo uma ou outra tendência, como vemos em muitas cidades do Brasil. Cada um se veste da maneira como gosta mais.

10. Liberdade para se vestir

Se você é o tipo de pessoa que se veste da maneira mais básica possível por medo do que os outros vão pensar, Londres precisa estar no seu roteiro de viagens. A cidade é um verdadeiro sonho para os mais fashionistas e inovadores. Lá ninguém mede você dos pés à cabeça, julgando o que você está vestindo. Os britânicos têm mais com o que se ocupar.

11. Maquiagem e cabelo

As britânicas são extremamente bem arrumadas no que se refere à maquiagem e cabelo. É praticamente impossível ver uma delas sair de casa sem maquiagem ou com o cabelo solto, no estilo “lavei e saí”. Mesmo quando não têm tempo para se produzir em casa, é possível encontrar algumas delas se maquiando dentro do metrô, no trajeto até o trabalho.

12. Carrinhos para crianças

Ao contrário do Brasil, os carrinhos não são destinados apenas aos bebês de colo. Na Inglaterra é muito comum ver mães passeando com crianças maiores, de até quatro ou cinco anos de idade, presas em carrinhos.

13. Segurança e movimento

As ruas de Londres são muito seguras. Por isso, é comum vê-las extremamente movimentadas mesmo a altas horas da madrugada. É possível andar pelos bairros às duas da manhã e ver restaurantes abertos, como se ainda fossem 19h.

14. Pubs

Os britânicos são loucos por pubs. É difícil encontrar casas noturnas como se vê aqui no Brasil, mas você tropeça em um pub a cada esquina. Porém, esses estabelecimentos costumam fechar muito cedo, à meia noite. Além disso, alguns deles passam a cobrar a entrada a partir de horários específicos. Por isso, se você estiver interessado em conhecer um pub britânico, saia de casa cedo, ou você não vai conseguir aproveitar.

15. Autoatendimento no mercado

Os supermercados em Londres possuem duas filas diferentes, uma para os que querem ser atendidos por pessoas e outra onde é possível fazer o autoatendimento, passando seus produtos diretamente na leitora de código de barras. Portanto, se você não é lá muito paciente, não precisa esperar o atendente bater papo com o cliente à sua frente.

Comportamento

16. Educação

Os britânicos são extremamente bem educados, ao contrário do que costumamos ouvir sobre alguns povos estrangeiros. Claro, eles não são calorosos como no Brasil, mas vão responder às suas perguntas com boa vontade e, na medida do possível, sempre tentarão ajudar.

17. Sorry

Ingleses dizem “sorry” para absolutamente tudo. Querem fazer uma pergunta? Começam com “sorry”. Querem pedir licença? “Sorry”. Estão se sentindo incomodados? “Sorry” novamente. Portanto, não se surpreenda ao ouvi-los disparar desculpas para tudo. Na maior parte das vezes eles nem se sentem culpados de fato, é mais a força do hábito.

Comida

18. Variedade

Não vá esperando encontrar comidas absolutamente inglesas. Especialmente na parte central de Londres, a coisa mais normal é encontrar restaurantes de toda e qualquer nacionalidade. Cafés franceses, cantinas italianas, restaurantes japoneses, o que você imaginar. A coisa mais típica que você encontrará por essas redondezas será o famoso Fish & Chips, prato que contém peixe com batatas fritas.

19. Suco de laranja

Se você é amante de um bom suco de laranja natural, nem se atreva a pedir por um na Inglaterra. Suco natural simplesmente não existe lá, mesmo nos restaurantes que servem comida brasileira. O gosto do suco é muito mais ácido, como se fosse feito com a casca, e já vem em caixas ou garrafas.

20. Cafés

Em Londres, você não consegue andar poucos quilômetros sem passar por, no mínimo, dois cafés diferentes. Esse tipo de estabelecimento é muito comum na Inglaterra e, em geral, serve de cafés simples a refeições como sopas.

Assinatura_Bruna

Créditos das fotos: Joe Iurato




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!