Viagem

10 lugares para visitar na Ásia em 2017 segundo o Lonely Planet

Os especialistas da Lonely Planet, uma das maiores editoras de guias de viagem do mundo, fizeram uma lista com os melhores lugares para conhecer na Ásia.

Lançado nesta semana, o ‘2017 Best in Asia’ mostra os 10 melhores destinos da região para visitar no próximo ano e, Gansu no norte da China Central, está no topo da lista. A escolha se dá em parte porque o local possui “fácil acesso”, e é “desconhecida e relativamente livre de multidões”.

Confira

1. Gansu, China

gansu

Possui fácil acesso graças aos serviços ferroviários de alta velocidade e às rodovias atualizadas, e um novo metrô irá facilitar o tráfego na capital provincial, Lanzhou, quando for inaugurado este ano.

A joia da coroa de Gansu e As grutas de Mogao, escavadas na encosta da Montanha Mingshashan, em região do deserto de Gobi, no noroeste da China receberam uma grande renovação em 2015, mas – assim como toda a região – mas continua subestimada e relativamente livre de multidões.

2. Sul de Tóquio, Japão

Com o Japão atualmente na lista de muitos viajantes, duas cidades ao sul de Tóquio valem a pena. Yokohama é apenas uma viagem de trem de 20 minutos da capital e apresenta um atrativo considerável com a sua localização em bayside, arquitetura eclética, micro cervejarias e culinária saborosa.

A menos de uma hora de Tóquio, a cidade costeira de Kamakura é conhecida pela sua cena de surf, mas também oferece uma tentadora seleção de cafés e restaurantes deliciosos.

3. Kerala do Norte, Índia

2017 marca o 70º ano de independência da Índia e a abertura de um novo aeroporto internacional em Kannur – o maior de Kerala – o que proporcionará uma introdução fácil ao norte. As praias em torno de Kannur, Thottada e Bekal valem a visita.

4. Keong Saik Road, Singapura

O distrito da luz vermelha criada pelo crime, a Keong Saik Road, se reinventou para se tornar o centro da Nova Cingapura.

Atrás dos belos edifícios coloniais e art-deco, você descobrirá o melhor da famosa cena de Cingapura: as fabulosas vistas dos bares das coberturas e seus drinks coloridos atraem uma multidão.

5. Astana, Cazaquistão

De meados de junho a meados de setembro de 2017, Astana será a anfitriã da Exposição Mundial sobre o tema da energia sustentável. E a partir de 2017, cidadãos de 45 países podem visitar o Cazaquistão sem um visto por até 30 dias.

Além disso, a introdução de veículo de trilho leve e melhorias na rede de ônibus existente estão facilitando a visita a esta cidade moderna e cosmopolita.

6. Takayama, Japão

takayama

Isolada na região montanhosa de Hida no centro do Japão, Takayama é um lugar onde a história e a tradição japonesa florescem no século XXI.

A região de Hida chegou ao destaque novamente após o sucesso do filme de 2016, ‘Your Name’ (Kimi no Na Wa) – o maior sucesso de anime da história. Fãs dedicados fizeram da região de Hida um destino de peregrinação.

7. Xi’an, China

Mundialmente famosas, as estátuas de argila de soldados chineses da dinastia Qin, atraem milhares de pessoas para o local todos os anos. O patrimônio diversificado de Xi’an é supremo e o Exército de Guerreiros de Terracota comemora 30 anos como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2017.

Xi’an é vasta, mas uma política menos rigorosa (72 horas sem visto) e as aberturas recentes impulsionaram o mercado hoteleiro já excelente e foram lançados uma série de novos bares e cafés. Nunca houve um melhor momento para visitar o local.

8. Sri Lanka’s Hill Country

Sri Lanka pode estar na moda agora, mas Lonely Planet recomenda uma experiência diferente. Tente avançar em um trem panorâmico para o idílico Hill Country do Sri Lanka para uma fuga maravilhosamente temperada das costas úmidas da nação.

Esta ilha tropical é dotada de um interior montanhoso que é tão pitoresco quanto a costa, abençoada por temperaturas agradáveis que raramente ultrapassam de 21 graus.

9. Melaka City, Malásia

melaka

Os passeios de barco ao longo do rio Melaka são muito populares e, em breve, os táxis aquáticos conectarão a estação de ônibus de Melaka Sentral com o centro da cidade.

Confira o espaço da galeria de beira-mar Zheng He Duo Yun Zuan ou procure lembrancinhas no mercado de pulgas Trash & Treasure.

Em seguida, dirija-se à Shore Shopping Gallery, onde a Sky Tower oferece vistas panorâmicas da fascinante metrópole.

10. Raja Ampat, Indonésia

‘Raja’ significa ‘rei’ e este grande título é facilmente justificado: aqueles que conhecem descrevem estas exóticas ilhas indonésias como um dos arquipélagos mais divinos.

Embalado com praias de areia branca, selva exuberante e ilhotas incomuns em forma de cogumelo, o Raja Ampat é espetacular.

O lar de alguns dos mais ricos e mais diversos recifes de coral do planeta – mais de 200 pontos de mergulho ainda são primitivos – e isso, combinado com uma crescente oferta de ecoturismo, significa que Raja Ampat, sem dúvida, permanecerá sendo o ‘rei’ das ilhas.

* Imagens: Reprodução Lonely Planet




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!