Viagem

10 dicas para nômades digitais com filhos

Se engana quem pensa que a vida de nômade digital é restrita apenas a pessoas sem filhos. Como qualquer estilo de vida, é possível adaptá-lo da melhor maneira ao seu dia-a-dia. Seja com ou sem filhos, cachorro, gato ou o que for necessário para sua vida ficar completa. Mas… como transformar a rotina da família em uma vida na estrada?

1. Confie na educação online

É preciso um pouco de coragem para tirar os filhos da escola e deixar que eles aprendam tudo com o mundo. Mas o casal Herman e Candelária Zapp, que vive na estrada há 11 anos e já teve quatro filhos pelo caminho, apostou na educação à distância para os pequenos. Essa á a opção seguida por praticamente todos os nômades digitais com filhos pequenos e promete render ótimos resultados, já que as crianças estudam ao lado dos pais e acabam aprendendo ainda mais com eles. Nesse sentido, vale conhecer o trabalho da Escola com Asas.

filhos1

Foto via

2. Não existe comida de criança

Sabe aquela história de fazer um bife com batatas fritas para que a criança não fique sem comer nada? Sinceramente, você iria enlouquecer se tivesse que fazer isso na estrada – já imaginou a dificuldade de comprar carne em países como a Índia, por exemplo? A boa notícia é que as crianças pelo mundo comem outras coisas, o que prova que o paladar dos pequenos também pode se adaptar muito bem à culinária de outros países.

3. Esqueça os cursos de idiomas

O casal Jen e Neil Taylor decidiu largar a vida nos Estados Unidos para passar uma temporada na França. A motivação? Permitir que seus três filhos adolescentes pudessem aprender um novo idioma e conviver com uma nova cultura. Depois da aprendizagem, os cinco decidiram se aventurar pelo mundo, em uma viagem que percorreu mais de 80 mil quilômetros.

4. Tenha sempre um kit de emergências

Não interessa em que parte do mundo você esteja, crianças e adolescentes se machucam com alguma frequência… E, quando você está viajando por outros países, aquele kit de primeiros socorros pode ser mais útil do que nunca – ainda mais se você não souber se comunicar muito bem no idioma local.

5. Experimente viajar de carro

A maioria dos nômades digitais com filhos opta por realizar suas viagens a bordo de um veículo próprio. Isso ajuda a reduzir custos, aumenta o conforto da viagem e permite que as famílias tenham mais espaço para suas bagagens, já que muitas companhias aéreas restringem a quantidade de malas a ser levada. A família francesa DaCaluf seguiu essa opção e encarou uma viagem com seus dois filhos a bordo de um caminhão 4×4, que também serve de casa para os quatro durante a jornada.

filhos2

Foto © Dacaluf

6. Escolha a sociedade em que seu filho irá viver

O mundo é grande o suficiente para que qualquer família encontre um ou muitos lugares que correspondam justamente às suas expectativas. Há quem busque um lugar onde seus filhos possam ter mais contato com a natureza, comer melhor ou simplesmente se sentir mais seguros. À medida que escolhe com que tipo de sociedade as crianças terão contato, as chances de que você estará passando valores nos que realmente acredita para eles são enormes – e pode ter certeza de que eles saberão reconhecer isso.

7. Ensine seu filho a caminhar

É importante explicar para as crianças que aquele carrinho de bebê não vai correr o mundo ao seu lado. E que, às vezes, você está cansado demais para oferecer seu colo como meio de transporte. Mesmo que com a vida na cidade muitos pais se esqueçam de ensinar isso aos filhos, você vai perceber como essa lição será valiosa na estrada. Mas, acima de tudo, vai entender que caminhar nunca fez mal a ninguém – e menos ainda a uma criança.

8. Deixe as crianças participarem

Dificilmente seus filhos vão aproveitar a vida viajando caso não possam decidir nada sobre os lugares que serão visitados. Envolva-os no planejamento de todos os detalhes, ouça sua opinião e, antes mesmo de encarar o próximo destino, pesquise bastante e conte para eles um pouco mais sobre a cultura local. Aprender juntos algumas palavras do idioma do destino, mesmo que através da internet, também é um ótimo exercício de preparo.

filhos4

Foto: © Dacaluf.

9. Esqueça os presentes caros

Muitos pais e mães se cansam de presentear os pequenos com milhares de bonecos da Disney, eletrônicos caros e brinquedos que não valem metade do seu preço de venda. Muitas vezes, a culpa de passar pouco tempo com os pequenos leva os pais a encarar esse pequeno rombo no orçamento praticamente como uma obrigação. Afinal, o filho deles PRECISA ter aquele aviãozinho a motor porque todas as crianças na escola têm, não é mesmo? A boa notícia é que seu filho não irá frequentar uma escola comum e poderá descobrir que há brincadeiras muito mais interessantes por aí – muitas delas gratuitas.

10. Passar mais tempo com seus filhos é o maior presente

Isso é o que 10 entre 10 nômades digitais com filhos afirma. Ao deixar seus empregos convencionais e encarar uma vida repleta de viagens com os pequenos, a maioria dos casais se dá conta de como o mais importante em toda essa trajetória é ver como seus filhos crescem e se desenvolvem em cada um dos lugares por onde passam, sempre ao lado da família. Até hoje não há relatos de quem já tenha se arrependido de passar mais tempo ao lado das crianças.

filhos3

Foto © Dacaluf




Aprenda a ser um Nômade Digital

31.934 pessoas fazem parte de nosso grupo fechado de dicas por e-mail. É grátis!